Aparelho de Solda: conheça os melhores do mercado

Adquirir um aparelho de solda é uma grande decisão. Além do tipo de trabalho, que exige muito cuidado e certa experiência na execução, trata-se de um maquinário repleto de especificidades.

A área da solda é um dos pilares da indústria e vem, a mais de 100 anos, trazendo avanços e criando possibilidades para o mundo desenvolvido. De bicicletas aos aviões, da estrutura do seu celular ao teto do seu escritório – tudo isso só é possível graças às possibilidades da solda.

Porém, para iniciantes ou mesmo para os calejados no assunto, conhecer as nuances do aparelho de solda, tanto ao usar quanto ao comprar, pode ser complicado.

São inúmeras as variantes: você precisa saber se é uma máquina de solda inversora ou transformadora; precisa conferir qual tipo atende suas demandas, encaixa no orçamento e é ideal para sua área de trabalho; precisa saber qual o processo de solda necessário… A solda MIG resolve ou precisa do capricho de uma solda TIG?

Essas são só algumas das questões.

Para descomplicar e ajudar a botar os pingos nos is, iremos explorar um pouco mais do básico sobre um aparelho de solda. Assim, você consegue ter em mente quais se adequam ao que você precisa antes mesmo de comprar.

Vem aprender com a V8 Brasil!

Qual o detalhe essencial para quem está à procura de um aparelho de solda?

Aparelho de Solda: conheça os melhores do mercado

Essa é uma pergunta com várias respostas. A verdade é que não é apenas um detalhe, mas alguns que deverão ser levados em conta. No geral, a primeira coisa que você deve saber antes de comprar um aparelho de solda é:

A máquina de solda será do tipo transformadora ou inversora?

A transformadora é aquele aparelho de solda cuja tecnologia é baseada no tradicional, mais antigo e também mais usado pelo mercado. Tem um núcleo revestido por bobinas de fios de cobre enrolados que, conforme posicionados pelo soldador, alteram valores de tensão e corrente.

Geralmente são equipamentos mais pesados e que gastam mais energia que as inversoras. Trabalham em corrente alternada (CA) e suas características ainda são valiosas para várias indústrias da metalurgia.

Já a inversora é o contrário. Com tecnologia mais atual, segue padrões de economia de energia e ergonomia que facilita o uso, por vezes com painéis digitais para interação. Funciona através de circuitos elétricos, em corrente contínua (CC). São aparelhos de solda compactos, que facilitam o trabalho do soldador e podem ser facilmente carregadas.

Quais as diferenças entre os processos de soldagem?

Você com certeza já trombou com as nomenclaturas de soldas. MIG? MAG? TIG? Podem não soar tão importantes, mas fazem total diferença na hora de escolher um aparelho de solda ideal as suas necessidades.

Para continuar, vamos comentar um pouco sobre estes processos, quais suas características e quais os melhores aparelhos de solda para cada um. A V8 Brasil quer, além de ensinar, facilitar sua escolha.

Processo de soldagem MMA

Iguais às máquinas transformadoras, o processo de soldagem MMA (ou a arco manual) também é antigo na indústria. Muito comum, muito usado e também simples, funciona com o soldador encostando um eletrodo revestido no metal base. Assim, abre-se o arco de forma manual. É conhecido por ser um processo ágil e que atinge vários cantos complicados.

O aparelho de solda que pode dar conta da sua demanda e potencializar todas as características do processo MMA é o modelo inversor 160 Combat Turbo da V8 Brasil. Construída para oferecer fácil manuseio, descomplica soldas que antes seriam consideradas difíceis. Especial para aço carbono, inox e ferro fundido.

Processo de soldagem MIG/MAG

Continuando nas soldas consideradas fáceis, apresentamos o processo MIG/MAG. Mais tecnológicas que as anteriores, funcionam de uma forma mais automatizada, por isso, o aparelho de solda é essencial.

Para MIG/MAG, o consumível é um arame. O carretel é encaixado dentro do aparelho de solda, que alimenta o arame por dentro da tocha através de um sistema de tração. É o soldador que controla a velocidade da alimentação.

O que as diferencia é o gás usado na proteção do arco elétrico, arame e poça de fusão. Na MIG é um gás inerte (como a sigla diz, em inglês, Metal Inert Gas) e na MAG um gás ativo (Metal Active Gas, em inglês). O tipo de gás influencia, principalmente, nas propriedades mecânicas do cordão e na presença de corrosão, dependendo sempre da peça que será trabalhada.

A V8 Brasil oferece uma linha completa de aparelhos de solda MIG. São, ao todo, oito modelos que atendem desde autônomos e praticantes de solda por hobby como grandes indústrias metalúrgicas, serralherias e oficinas mecânicas. Nosso destaque vai para o modelo 250 BR Trifásica, que reduz o consumo de energia e suporta carreteis de até 15 quilos.

Processo de soldagem TIG

Saindo da simplicidade e entrando no área dos soldadores mais experientes, a solda TIG é do tipo que não deixa à desejar. Com um procedimento que exige cuidado e destreza, nela o soldador precisa aproximar um eletrodo não consumível de tungstênio da peça para abrir o arco e cuidar para que não encoste. A sigla, igual à MIG, também indica proteção por gás inerte (Tungsten Inert Gas).

Tanto cuidado resulta em acabamentos impecáveis, sem presença de respingos e com excelentes propriedades mecânicas. Para procedimentos assim, faça questão de ter um aparelho de solda TIG 200S da V8 Brasil na oficina. Projetada para facilitar a realização do cordão, com ela você consegue soldar quase todos os materiais, dando resultados espetaculares aos metais comuns e aos raros, como titânio ou ouro.

Corte Plasma

Lado a lado com o processo TIG está o Corte Plasma. A diferença entre ambos é que o eletrodo de tungstênio não é manuseado pelo soldador, ele já está dentro da tocha. O que as aproxima, no entanto, é a qualidade. O Corte Plasma é um famoso procedimento que corta chapas metálicas com total precisão.

A 50D da V8 Brasil é um aparelho obrigatório para quem quer cortes bem acabados. Com ela em sua oficina, o trabalho fica mais agilizado e o resultado final ainda melhor, já que é capaz de cortar chapas de vários materiais.

Escolher um aparelho de solda pode parecer uma tarefa complicada.

Entender sobre as diferenças no mundo do aparelho de solda pode levar certo tempo e prática, mas esperamos ter ajudado com o básico. Além disso, esperamos que nossas dicas ajudem em futuras aquisições e trabalhos cheios de qualidade.

Se os produtos da V8 Brasil lhe interessaram, dê um pulo em nosso site ou fale conosco que indicaremos as revendas próximas a você!

youtubeyoutube

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *